No fim de semana, eu estava de bobeira no Twitter quando vi alguém mencionar a arroba da Netflix no Twitter, pedindo Harry Potter. Quando eu vi isso, minha imediata reação foi pensar: "a maior parte das pessoas que pedem Harry Potter na Netflix pede por lealdade à comunidade de fãs, e provavelmente não assistiria se estivesse publicado na plataforma." Logo veio o paralelo imediato à massa de fãs de anime que pede séries enormes, como Yu Yu Hakusho, Bucky e Shurato, e que provavelmente não assistiria se elas fossem disponibilizadas oficialmente.

Contudo, diferentemente das outras vezes, desta vez eu fiquei em dúvida. Será que eles assistiriam? Será que existe um público que quer mesmo assistir essas séries? O quão popular elas realmente são em 2019?

Eu dei uma procurada em vídeos de YouTube de algumas séries mais populares, mas não obtive resultados muito bons - o Content ID retira vários vídeos, tem várias séries com episódios cortados em múltiplas partes, e eu teria que procurar as séries uma a uma para tirar qualquer conclusão. A mesma coisa para o Google Alerts, que só me revela o quanto as pessoas FALAM de determinada série, mas não necessariamente o quanto elas ASSISTEM a dita cuja.

Minha busca me levou pra um site pirata, o que me deu uma ideia: será que tem algum site pirata que revela quantos views cada episódio teve? O YouTube revela, então alguém deve ter tido essa ideia e implementado. Talvez dê pra tirar alguma conclusão a partir desses dados. Algumas páginas de Google depois, e eu achei três sites diferentes, com características e apresentações bastante distintas, e dados completamente escancarados para nosso escrutínio.

Um breve perfil dos três sites visitados:

AnimesOnlineHD.com.br

O menor dos três analisados, este site conta com 1070 séries de anime distintas, com um total de mais de 19 mil episódios. A página principal lista os episódios mais recentes publicados na plataforma, e além da seção de animes legendados, eles também têm uma seção de animes dublados, que está vazia. Não há informações sobre os autores. Ele implementa o TogetherJS, uma biblioteca de JavaScript que permite a dois ou mais usuários assistirem um mesmo vídeo de internet em sincronia.

Neste site, é possível ver o número de views por episódio. O site já recebeu em torno de um milhão de views, no total.

AnimesOnline.co

O segundo maior dos três sites. Conta com 274 séries, das quais 64 são cartoons americanos, como Rick and Morty e Gravity Falls. O site separa seu conteúdo em filmes e séries, dublados e legendados, mas tem uma navegação um pouco confusa e o sistema de login/cadastro está quebrado. Pra efeitos desta análise, a seção de filmes foi ignorada. Na página de "Termos de Uso", o autor anônimo diz que o AnimesOnline.co é uma plataforma de "divulgação cultural", uma "amostra grátis" sem fins lucrativos e pede a seus usuários que consumam os produtos e serviços oficiais caso gostem de alguma das séries disponíveis.

Neste site, é possível ver o número de views por série. O site recebeu em torno de 3.3 milhões de views em sua existência, das quais 1.6 milhões de views são exclusivamente em séries de anime. Para facilitar as próximas análises, estou excluindo as séries ocidentais e focando apenas nas séries de anime.

AnimaFan.info

O maior dos três sites. Conta com 247 séries, todas de anime. O site também tem uma seção de filmes, com sete disponíveis. Ele possui uma seção de pedidos bastante ativa e regularmente moderada, além de uma longa página sobre a história do site, que contém o seguinte parágrafo:

"Sobre Pirataria: Esse é um papo que sempre surge quando o assunto é site de animes online, então queremos deixar nosso ponto sobre isso. Bom... é pirataria, mano, de um jeito ou de outro, o que fazemos aqui  é pirataria, o que nos torna os “vilões”, principalmente perante a  galera mais moralista que pensa estar salvando a indústria com suas  mensalidades de serviços de streaming. Mas, ainda assim, vale dizer que o  AnimaFAN não apoia o trabalho meia boca feito por empresas gananciosas  de streaming como a Crunchyroll e a Netflix. Os membros do AnimaFAN  compram seus mangás, light novels, jogos e mercadorias japas de forma  legal (muitas vezes importando) e incentivamos que nossos usuários façam  o mesmo. Porém, não gostamos de serviços pagos que possuem o mesmo  nível de qualidade que speedsubs, pois se são pagos, deveriam estar  acima até mesmo das melhores e mais renomadas fansubs, coisa que não acontece."

Neste site, é possível ver o número de views por série. Contudo, a contagem é truncada em alguns dígitos para facilitar a leitura - por exemplo, a primeira temporada de My Hero Academia tem "1.3M" (1.3 milhões) de views. Por conta disso, há uma imprecisão de arredondamento inerente nos dados. O site conta com 6.6 milhões de views totais em sua existência.

Todos os dados referenciados na análise a seguir estão publicados neste link, e foram obtidos nos dias 4 e 5 de março de 2019, através de visitas diretas às páginas dos sites. Nenhum tipo de exploit foi utilizado para obter os dados dos bancos de dados, e não há maneira alguma de comprovar a veracidade dos dados obtidos (os sites podem estar inflando artificialmente os números, por exemplo).

Disponibilidade

Minha primeira pergunta era saber quais desses animes estavam disponíveis legalmente no Brasil, e qual o impacto deles no número de views do site. Estes são o # de séries de cada site, de acordo com a disponibilidade delas no Brasil:

Nos três sites, uns dois terços das séries já estão disponíveis legalmente em alguma plataforma legal de streaming. No caso da AnimesOnline.co, 82% das séries podem ser assistidos sem precisar da pirataria. A maioria das séries é disponibilizada pela Crunchyroll, com Netflix, Amazon e HIDIVE demonstrando presenças bastante similares. Estes são o # de views de cada site, de acordo com a disponibilidade de suas respectivas séries no Brasil:

Neste gráfico, a situação muda um pouco. Em todos os três sites, o número de views correspondentes a séries não-licenciadas gira em torno de 13-16% do total. A Crunchyroll aumenta sua participação em todos os sites, com 68-77% dos views. A Netflix tem uma parcela bastante significativa no AnimesOnlineCo (16%), mas perde no AnimesOnlineHD para a Amazon (5.1% da Amazon x 3.6% da Netflix). Por fim, podemos olhar para a média de views que as séries de cada plataforma oficial obtém em cada site, que serve como uma medida de "popularidade" das séries das plataformas:

No AnimaFan, as séries da Crunchyroll são as mais populares, com Netflix logo atrás. No AnimesOnlineHD, as mais populares são as séries da Amazon Prime, com Crunchyroll e Netflix logo atrás. Por fim, no AnimesOnlineCo, as séries da Netflix são de longe as mais populares. Em todos os três sites, as séries não licenciadas possuem popularidade baixa, indicando que os usuários estão mais interessados em assistir os lançamentos mais recentes e o que está sendo promovido pelas plataformas oficiais.

Minha conclusão é que, mesmos nos sites piratas onde todo tipo de conteúdo está sendo disponibilizado gratuitamente, o público que assiste anime no Brasil não está tão interessado assim em ver séries antigas. Tem um monte de séries não-licenciadas nesses três sites (um terço dos mil e tantos animes do AnimesOnlineHD não está disponível), mas ninguém está assistindo.

Outra faceta que podemos analisar são os animes preferidos dos frequentadores dos sites piratas, e quais títulos de quais plataformas estão em evidência. A tabela a seguir pega o top 10 do acervo de cada plataforma, para cada um dos três sites.

Algumas anotações:

  • Eu não me dei ao trabalho de juntar manualmente séries que estão divididas em temporadas, e usei a divisão do próprio site. Por isso, as diferentes temporadas de My Hero Academia aparecem separadas no AnimaFan e juntas no AnimesOnlineCo. Também estou usando os nomes que os próprios sites usaram, ao invés dos nomes de distribuição internacional.
  • Esses views aparentemente encobrem todo o período de funcionamento do site, então tenham isso em mente.
  • Amazon Prime: Nenhum anime aparece nas três listas, mas vários aparecem em duas delas, incluindo Dororo, Banana Fish e Karakuri Circus, três de seus sucessos mais recentes.
  • Crunchyroll: My Hero Academia só não figura entre os primeiros do AnimesOnlineHD porque este não disponibiliza a primeira temporada - o anime é um sucesso esmagador nos outros dois sites. No AnimesOnlineCo, onde o público é mais casual em relação ao anime, a presença de MahoYome é uma baita surpresa. No AnimaFan, Trinity Seven e NouCome estão bastante altos para séries bastante antigas e pouco populares em geral.
  • HIDIVE: 3D Kanojo é a série mais popular deles. DanMachi: Sword Oratoria também tem um apelo bem forte.
  • Netflix: The Seven Deadly Sins é a série mais popular deles, seguida de One Punch Man e Kakegurui, que puxa a popularidade pros sites piratas devido ao workflow da Netflix, que leva meses para publicar séries novas que acabaram de sair no Japão.
  • Não-licenciados: A série mais quente dos sites piratas e que está indisponível em todas as plataformas oficiais de anime é Tokyo Ghoul. Dragon Ball é bastante popular em um dos sites, mas não nos outros. A #1 e o #4 do AnimesOnlineHD são os dois filmes de anime mais populares do momento, e é curioso notar que o filme de MHA fez um sucesso ainda maior que o filme do Broly. No AnimesOnline.co, o mais procurado é o reboot 2018 de Captain Tsubasa, que embora não esteja disponível em nenhum serviço, é exibido dublado pela Cartoon Network.

Tirando Dragon Ball e Sakura Card Captors, é notável a ausência de "animes da Manchete" - animes que foram exibidos na TV aberta durante os anos 90/começo dos anos 2000. A esmagadora maioria dos títulos é mais recente, com alguns um pouco mais antigos que se popularizaram por aqui graças aos fansubs.

Mais uma vez, todos os dados estão livremente disponíveis neste link aqui, para quem quiser perscrutar e esmiuçar as informações. Se você tem qualquer dúvida sobre a análise, sugestões do que mais pode ser analisado neste dataset ou comentários sobre as conclusões, participe dos comentários ou me mande uma mensagem no Twitter!